Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaías 9:6

Conclamação

Todos os textos aqui postados são de minha autoria, salvo aqueles em que estiverem as devidas referências bibliográficas e links.
Devemos ser originais em nossas colocações, mas não imaginários e sim embasados tão somente nas sagradas escrituras e respaldados pela lingüística, ciência, história e legislação humana.




Direitos do Blog

O blog Jesus Cristo Príncipe da Paz tem seus direitos respaldados nos incisos IV, VI e IX do artigo 5º da Constituição Federal, abaixo transcritos:



IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”

VI – “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos, salvo o dos que contrariem a ordem pública ou os bons costumes.”

IX – “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”.



Respalda-se também Lei nº. 9610, de 19/02/1998, que rege o seguinte:

Art. 46: Não constitui ofensa aos direitos autorais:– a citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e obra.





Teologia da substituição




"O espírito triunfalista da Igreja em relação a ISRAEL tem sido o motivo de seu distanciamento em relação ao propósito divino. Pseudo-teólogos e orgulhosas denominações que se acham detentoras da fé e guardiãs da sã doutrina, não fazem a mínima ideia que são as promessas dadas a Israel (dentre elas, o próprio Cristo) que sustentam a sua fé. Quem rejeita a Israel está rejeitando sua própria salvação. (Jo 4:22).

Matheus Zandona (Congregação Ensinando de Sião)



"Se, porém, alguns dos ramos (Judeus) foram quebrados, e tu (não-judeu), sendo oliveira brava, foste enxertado em meio deles (Israel) e te tornaste participante da raiz e da seiva da oliveira, não te glories contra os ramos; porém, se te gloriares, sabe que não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz, a ti. Dirás, pois: Alguns ramos foram quebrados, para que eu fosse enxertado. Bem! Pela sua incredulidade, foram quebrados; tu, porém, mediante a fé, estás firme. Não te ensoberbeças, mas teme. Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, também não te poupar". 

(Romanos 11:17-21)


A teologia da substituição defende a tese de que a rejeição de Jesus por parte dos judeus, anula a aliança e o propósito de Deus para com eles e elege a igreja em substituição.

Porém esta tese é totalmente equivocada.

Deus não rejeita os Judeus individualmente e nem como nação, ao contrário como lemos em Romanos, é esta "cegueira" momentânea que nos trás salvação, mas chegará o momento em que seus olhos (dos judeus) serão curados e reconheceram o senhorio de Jesus, isso como um todo, pois é sabido que muitos judeus já receberam o testemunho de Jesus. 

Só em Israel passa de 10.000 o número de Judeus crentes em Jesus. 


"Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.
E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades."

(Romanos 11:25-26)

Dessa forma é correto pensar que nós somos enxertados em Israel e não Israel em nós, o que significa que não fazemos parte da Igreja como um elemento distinto de Israel, mas fazemos parte sim da Congregação do Eterno iniciada no deserto e consumada por Yeshua (Jesus). 

Os judeus são filhos de Abraão na carne, os gentios são filhos de Abraão pela fé. (em Yeshua)


"Sabei, pois, que os que são da fé são filhos de Abraão."

(Gálatas 3:7)


Os judeus devem ser circuncisos na carne e no coração, nós devemos ser circuncisos no coração. 



"Porque introduzistes estrangeiros, incircuncisos de coração e incircuncisos de carne, para estarem no meu santuário, para o profanarem em minha casa, quando ofereceis o meu pão, a gordura, e o sangue; e eles invalidaram a minha aliança, por causa de todas as vossas abominações."

 (Ezequiel 44 : 7)

"Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim vós sois como vossos pais." 

(Atos 7 : 51)


"Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus." 

(Romanos 2 : 29)



"Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão." 

(Romanos 3 : 30)


Deus trata de forma diferenciada com Israel e tem alianças eternas que hão de se cumprir, concernentes exclusivamente a eles (judeus), como por exemplo a herança da terra, onde será estabelecida o Reino de Deus. 

"E estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência depois de ti em suas gerações, por E te darei a ti e à tua descendência depois de ti, a terra de tuas peregrinações, toda a terra de Canaã em perpétua possessão e ser-lhes-ei o seu Deus."

(Gênesis 17:7-8) 


No entanto a Salvação que provem de Jesus é estendida a todos (judeus e gentios) indistintamente. 



" Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão, nem a incircuncisão tem virtude alguma, mas sim o ser uma nova criatura."

(Gálatas 6:15)



 "Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo.
Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.

 Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio,"

(Efésios 2:12-14)


Em suma, nós hoje fazemos parte da comunidade de Israel, da Congregação do Eterno, pois Jesus (Yeshua) desfez a parede que nos separava, porém nós não nos tornamos judeus com suas obrigações e peculiaridades e tão pouco eles se tornam cristãos (como alguns pretensiosamente creem), mas Deus nos chama cada qual com sua vocação. 




"E assim cada um ande como Deus lhe repartiu, cada um como o Senhor o chamou. É o que ordeno em todas as igrejas.
É alguém chamado, estando circuncidado? fique circuncidado. É alguém chamado estando incircuncidado? não se circuncide.
A circuncisão é nada e a incircuncisão nada é, mas, sim, a observância dos mandamentos de Deus."

I Co 7:17-19


Trindades históricas




Irmãos Cristãos, Trindade é crença pagã que remonta inicialmente ao período babilônico, arraigada no cristianismo e difundida como verdade no decurso dos séculos (por conta do Catolicismo Romano). Deus é Um e Yeshua (Jesus) é seu Filho Unigênito e não Deus.


"E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste."

(João 17:3)


"Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele."

(I Corintios  8:6)


Possuo aqui no meu blog postagens que esmiúçam o assunto de forma exaustiva. Aqueles que quiserem conhecer mais a respeito podem (e devem lê-las). 




"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará."

 (João 8 : 32)