Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaías 9:6

Conclamação

Todos os textos aqui postados são de minha autoria, salvo aqueles em que estiverem as devidas referências bibliográficas e links.
Devemos ser originais em nossas colocações, mas não imaginários e sim embasados tão somente nas sagradas escrituras e respaldados pela lingüística, ciência, história e legislação humana.




Direitos do Blog

O blog Jesus Cristo Príncipe da Paz tem seus direitos respaldados nos incisos IV, VI e IX do artigo 5º da Constituição Federal, abaixo transcritos:



IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”

VI – “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos, salvo o dos que contrariem a ordem pública ou os bons costumes.”

IX – “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”.



Respalda-se também Lei nº. 9610, de 19/02/1998, que rege o seguinte:

Art. 46: Não constitui ofensa aos direitos autorais:– a citação em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunicação, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e obra.





Idolatria e a serpente de metal

  
"Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Não te encurvarás a elas nem as servirás; ...."

Êxodo 20:4-5

Sem muito esforço se pesquisarmos na internet encontraremos sempre aqueles que defendem que o culto a imagens não é idolatria,mas sim uma forma representativa de homenagear grandes vultos do cristianismo.
Como toda asseveração de cunho cristão deve ter por base ao menos uma porção das Escrituras, os idolatras lançam mão da serpente de metal no deserto, dos querubins do propiciatório, além dos animais e querubins que faziam parte da ornamentação do templo de Salomão.(I Rs 7:29)

Alega-se também que a expressa proibição de D'us no livro de Êxodos trata-se tão somente dos deuses estrangeiros, que eram adorados naquele tempo e que "tomavam" o lugar de D'us.

Eu diria que essa seria uma explicação bem razoável, se não fosse o fato de as imagens dos Santos, de Maria e de Cristo serem alvos de devoção. Muito diferente do que ocorria com a serpente de metal.

Ao longo da história templos foram erigidos para acolher os ídolos (imagens) dos mais variados deuses pagãos, formando assim panteões.

Em nada diferente do que vemos hoje, basta tomarmos como exemplo a cidade de Aparecida do Norte, consagrada a Maria Aparecida, a rainha do céu de nossa época (Jr 7:18), aonde milhares de devotos dirigem-se diariamente, a fim de lhe prestar culto (missas) e veneração, através de velas, rezas e suplicas.
Sem contar com as réplicas espalhadas pelo Brasil, em lares e igrejas, onde recebem a mais completa devoção, onde são tocadas, beijadas, e adornadas.

Carregadas em procissão, mesmo sendo essa prática condenada pelo Eterno.

“Congregai-vos, e vinde; chegai-vos juntos, os que escapastes das nações; nada sabem os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar. “

Isaías 45 : 20


A Serpente de Metal

É no mínimo absurdo querer usar a serpente de metal como precedente para a veneração de imagens.
A serpente não foi feita por vontade do povo ou de Arão como ocorrera com o bezerro de ouro, não foi também da vontade de Moisés, mas o próprio Deus ordenou que fosse feita.

"E disse o SENHOR a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela.
E Moisés fez uma serpente de metal, e pô-la sobre uma haste; e sucedia que, picando alguma serpente a alguém, quando esse olhava para a serpente de metal, vivia. “ 

Números 21 : 9

Não para ser adorada, mas sim para servir de símbolo ao povo
, que dá mesma forma que foi levantada a serpente de ouro e aqueles que foram vitimados pelas picadas das serpentes elevavam seus olhos em direção a serpente eram curados, de igual modo aqueles que elevam seus olhos ao Filho de Deus encontram salvação.

“E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;”  

João 3 : 14

Tanto é, que quando a serpente passou a ser adorada (venerada com incensos), foi destruída.

“Ele tirou os altos, quebrou as estátuas, deitou abaixo os bosques, e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera; porquanto até àquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso, e lhe chamaram Neustã.”  

II Reis 18 : 4


 Os querubins do propiciatório

A palavra chave é simbolismo.

Os querubins da propiciatório simbolizam os querubins entre os quais o Eterno Deus habita.

“Ó SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel, que habitas entre os querubins; tu mesmo, só tu és Deus de todos os reinos da terra; tu fizeste os céus e a terra”.

Isaías 37 : 16


Eu desafio alguém me mostrar na Bíblia qualquer tipo de veneração ser prestada aos querubins simbolizados no propiciatório ou em qualquer figura do Templo de Salomão. 

Não vai mostrar, pelo simples fato de não haver. Simples assim.

É digno de nota que a adoração a anjos (culto), já era um problema no tempo do Apóstolo Paulo.

Não muito diferente hoje, onde temos São  Miguel Arcanjo, São Rafael, São Gabriel, Santos anjos.
Não obstante a adoração a anjos é vetada aos homens, como vemos no livro de Apocalipse.

“E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar.
E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.”

Apocalipse 22:8-9


A exemplos de outras representações (simbolismos) podemos citar o Menorah (castiçal) que representa as sete emanações do Espírito de D'us que repousou sobre Jesus (Is 11:1-2, Ap 5:6), As portas do Templo:  pátio,  lugar Santo e  Santo dos Santos (santíssimo) , cujos os nomes são: Caminho, Verdade e Vida, que prefiguram a Jesus (João 14:6)

O autor da epístola aos Hebreus no revela que todos os elementos do templo eram sombras e exemplos das coisas futuras e do Reino Celestial, dizer diferente disso é uma covardia e uma heresia da qual será devidamente cobrada.

Os quais servem de exemplo e sombra das coisas celestiais, como Moisés divinamente foi avisado, estando já para acabar o tabernáculo; porque foi dito: Olha, faze tudo conforme o modelo que no monte se te mostrou.”

Hebreus 8:5

Em suma, o Senhor condena toda idolatria e não adianta buscar subterfúgios nas Escrituras para justificar tais praticas.

Nas palavras do Apostolo Paulo...

“Portanto, meus amados, fugi da idolatria. “ 


I Coríntios 10 : 14





                                            Barukh atah Adonai eloheinu, melekh ha'olam

1 comentários:

Anônimo disse...

(Comentário de César) A Paz do Senhor atalaia de Deus. Você é um bravo irmão, e suas postagens vão se superando. Esta está demais. A título de curiosidade, na Bíblia, somente até o livro II Samuel, ou seja, ainda no início da Bíblia, são 60 versículos contra a idolatria. Pergunto: Em quantos versículos isto estará até o fim da Bíblia? Enorme e exagerada a quantidade de versículos bíblicos que falam contra a idolatria, e nenhum que a justifique, NENHUM!!!
É caso de se perguntar: Então, porque os marianos não enxergam isto? Eles não têm ou não lêm a Bíblia?
Duas coisas: Uma - O Senhor Deus cega o entendimento deles, por causa da desobediência deles, e do mal que encontrou em seus corações, vendo eles glorificarem mais a criatura do que o Criador, reduzirem a onipotência de Deus a imagens de escultura (Ver cap. 1 de Romanos). Outra coisa - Por não terem fé firme em Deus, precisam do artifício da imagem, para direcionar a sua fé, pois não acreditam em um Deus Vivo, e, na dúvida, melhor se prostar à imagem do ídolo, pois este eles estão vendo, é real. A fé é um atributo de poucos que conseguem crer sem ver, e assim, precisam da imagem pela falta da fé.
Já não são denominados ICARomana, de romanos, à toa, pois Roma foi um dos maiores centro do paganismo, e venceu, se perpetuando na seita católica.
Agora só Deus para ter misericórdia desse povo.
* Apocalipse, 21:8 “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicários, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; O que é a segunda morte.”